1.6.17

Anotando no caderninho



Sumário:

Desmantelamento da Indústria Pesada
Desmantelamento da Indústria Naval
Desmantelamento da Indústria de Petróleo e Gás com conteúdo nacional
Desmantelamento do PROSUB
Desmantelamento do Programa Nuclear Brasileiro
Desmantelamento da EBC
Desmantelamento da Democracia com o impeachment arranjado de Dilma Rousseff
Desmantelamento das Políticas de Proteção Social
Desmantelamento do Sistema Penal e Processual Penal Brasileiro
Desmantelamento das universidades públicas (cortes em ciência, pesquisa, cultura, educação, saúde pública)
Desmantelamento da imagem do Brasil no exterior

Em breve:

Desmantelamento da Previdência Social
Desmantelamento dos Direitos e Garantias do Trabalhador
Desmantelamento dos bancos públicos
Desmantelamento do BNDES 
Desmantelamento do Programa Espacial Brasileiro, com entrega da Base de Lançamentos de Alcântara aos EUA, sem falar no loteamento da Amazônia e legalização da grilagem (ver WWF). Acordo de Paris, tchau.
Desmantelamento da Petrobras
E tentativa de desmantelamento da indústria de alimentos.

Quer dizer, quebrar, inviabilizar, destruir todas as áreas econômicas onde o Brasil fosse competitivo internacionalmente.

Consequências práticas:

Recolocação da PF, do MPF e da JF no status de meros agentes de capatazia da classe dominante e de seus representantes na classe política, os reais mandantes do país desde sempre. Estes não se deixarão levar por aventuras policialescas e judiciais que prejudiquem sua galinha dos ovos de ouro. A grande imprensa, com a ameaça circundando seus padrini, já encosta na parede a Lava Jato de Mani nem tão Pulite assim. Quanto ao Brasil, que os mencionados ajudaram a esfacelar em todas as áreas, levará décadas para voltar a respirar, se voltar.

Deve estar faltando mais, sempre falta. Acrescentem em vossos caderninhos.