22.10.16

Sete horas da manhã - 1941




Samba de Cyro de Souza, gravado por Patrício Teixeira, 
acompanhado pelos Diabos do Céu, em 1941. Faz parte
da trilha sonora de um dos meus filmes preferidos,
Cuidado Madame, de Júlio Bressane, 1970.


Quatro horas da manhã eu já estou de pé
Enquanto eu lavo o rosto, ela faz o meu café
Embrulha o meu almoço
Eu me visto e vou andar
Pego o trem da Leopoldina e vou trabalhar

Sete horas da manhã, entro na repartição
Cumprimento o meu chefe e vou marcar meu cartão
Às dez horas, quando apita, eu saio para almoçar
Mais tardar, às seis e meia, vou regressando a meu lar.