24.1.14

Amelinha Diva


Sou a avenida cheia
De gente rápida e feia
Sou colorida inteira, concorrida e meia
Sou diariamente a dor que me passeia
A dor que me anseia ser
Particularmente rua
Sou um sol brilhante
De um dia incandescente
Sou luz calor calante
Bruxa de um chão doente
Sou diariamente a dor que me passeia
A dor que me anseia ser
Particularmente lua
Sou toda gente em mim
Santo demônio em mim
Deus e o diabo em mim
Céu e inferno em mim
Sou diariamente a dor que me passeia
A dor que me anseia ser
Particularmente tua.


22.1.14

Donna Masini




 Slowly

I watched a snake once, swallow a rabbit.
Fourth grade, the reptile zoo
the rabbit stiff, nose in, bits of litter stuck to its fur,

its head clenched in the wide
jaws of the snake, the snake
sucking it down its long throat.

All throat that snake—I couldn't tell
where the throat ended, the body
began. I remember the glass

case, the way that snake
took its time (all the girls, groaning, shrieking
but weren't we amazed, fascinated,

saying we couldn't look, but looking, weren't we
held there, weren't we
imagining—what were we imagining?)

Mrs. Peterson urged us to move on girls,
but we couldn't move. It was like
watching a fern unfurl, a minute


hand move across a clock. I didn't know why
the snake didn't choke, the rabbit never
moved, how the jaws kept opening

wider, sucking it down, just so
I am taking this in, slowly,
taking it into my body:

this grief. How slow
the body is to realize.
You are never coming back.



Anxieties


It’s like ants
and more ants.

West, east
their little axes

hack and tease.
Your sins. Your back taxes.

This is your Etna,					
your senate						
											
of dread, at the axis					
of reason, your taxi					
					
to hell. You see
your past tense—

and next? A nest
of jittery ties.

You’re ill at ease,
at sea,

almost in-
sane.  You’ve eaten

your saints.  
You pray to your sins.

Even sex 
is no exit. 

Ah, you exist.  


7.1.14

I'm Nobody's Baby - versão original



I used to be my mother's baby,
When I was near my dad went wild
Whenever we had company
They'd bounce me on their knee,
The neighbors thought I was a darling child.
Once I was everybody's baby,
But right now I'm lonesome as can be.

You see I'm Nobody's Baby, I wonder why,
Each night and day I pray the Lord up above,
Please send me down somebody to love;
But nobody wants me, I'm blue somehow,
Won't someone hear my plea and take a little chance with me,
Because I'm Nobody's Baby now.





6.1.14

All of Me - versão completa - Ruth Etting




You took my kisses and you took  my love
You taught me how to care
Am I to be just the remnant of a one side love affair

All you took
I gladly gave
There is nothing left for me to save

All of me
Why not take all of me
Can't you see
I'm no good without you
Take my lips
I want to lose them
Take my arms
I'll never use them
Your goodbye left me with eyes that cry
How can I go on dear without you
You took the part that once was my heart
So why not take all of me


3.1.14

A Dama da Viola 2

A Dama da Viola



Me pega por favor meu bem
Abraça um pouquinho só
Eu vivo no relento soluçando
Por isso tenha pena e tenha dó
Meu amor é um jardim
Jardineiro é o coração
Carregado com a saudade
Do canteiro da ilusão 
Vida triste a vida minha 
Recordando o que passei
Sem amor ninguém me abraça
Sem amor não viverei




2.1.14

Robert Mitchum por ele mesmo




 - A única diferença entre mim e meus colegas no cinema é que eu passei mais tempo na cadeia.

- Não tenho saco para filmes, principalmente os meus.


- A minha atitude é sempre a mesma desde o começo da carreira, só mudei as cuecas.


- Como ator só uso três expressões: olhar para a direita, olhar para a esquerda e olhar para a frente.


- Estou preparado para o dia da minha morte. Será apenas mais uma ressaca.


- Acho que os produtores quando têm um papel que ninguém vai querer, dizem: "Manda pro Mitchum, ele faz qualquer negócio". Eu não ligo pra papel. Posso fazer um homossexual polonês, uma mulher, um anão, qualquer coisa.


- Eu tenho dois estilos de interpretação: com e sem cavalo.


- A cada dois ou três anos, eu dou um tempo de filmar, é por isso que sou sempre a puta nova do bordel.


- Eu nunca mudei nada, só as meias e as cuecas. Nunca fiz nada para me glorificar ou aperfeiçoar, eu pegava o que viesse e fazia o melhor que podia.


- A cadeia é que nem Palm Springs, só que sem os vagabundos.


- Não me prostituí tanto assim. Tem filmes que eu não faria por dinheiro nenhum. Me recusei a fazer Patton e Dirty Harry. Se eu tiver 5 paus no bolso, não preciso fazer estas merdas. 


- John Wayne usava uns saltos de 10 cm nos sapatos. O teto das carruagens precisava ser adaptado pra ele. O dos barcos também, pra ele poder caber. O filho da puta deve ter sido enterrado com aqueles saltos. 


- Não há nada que possa agradar certas pessoas. O negócio é parar de tentar.


- Eu uso o mesmo terno há seis anos - e o mesmo diálogo. Só trocamos o título do filme e a mocinha.



- Os jovens atores me adoram. Eles acham que se aquele grandalhão preguiçoso conseguiu, nós temos muita chance.

- Como mantenho minha forma? Trepando muito.


- Deborah Kerr é a melhor, minha preferida. A vida seria mais generosa se eu tivesse sempre Deborah por perto.


- As estrelas hoje não passam de imagens de masturbação.


- Depois que filmamos Cerimônia Secreta, veio o lesbianismo... Eu não sou tão bom fazendo uma lésbica.


- As pessoas acham uma grande coisa ser ator. Você não ajuda ninguém como um médico, ou mesmo um músico. Você só enaltece a si mesmo.


- Esses atores novos só ficam falando de método e motivação. No meu tempo a gente só falava em foder e horas extras.


- Eu sei que os valores de uma produção melhoraram, mas os roteiros melhoraram, os filmes melhoraram? Trabalha-se muito mais hoje e os filmes não melhoraram nada. 


- Não acredito nessa conversa de que existe um grande ator.


- Na tela você tem 9 metros de largura, seu olho, 2 metros de altura, mas isso não significa que você é importante ou tenha algo de importante pra dizer.


- O método Rin Tin Tin basta pra mim. Aquele cachorro nunca se preocupou com motivação, conceitos e toda essa merda de que falam.


- Só leio resenhas dos meus filmes se elas são divertidas. Já escreveram 6 livros sobre mim e só conheci 2 autores. Já no primeiro parágrafo eles erraram meu nome e local de nascimento, daí pra frente foi tudo ladeira abaixo. 


- Eles acham que não decoro minhas falas. Não é verdade, só estou bêbado demais para dizê-las.


- Claro que fiquei feliz por John Wayne ganhar o Oscar. Também sempre gosto quando a velha gorda ganha um Cadillac na TV.


- Eu sobrevivo porque cobro pouco e não gasto muito tempo.



- As pessoas dizem que tenho um andar interessante. Ora, eu só estou encolhendo a barriga.