22.4.13

Ao longe o mar

-

Porto calmo de abrigo
de um futuro maior
Porventura perdido
no presente temor 

Não faz muito sentido
não esperar o melhor
Vem da névoa saindo
a promessa anterior

Quando avistei ao longe o mar
ali fiquei
Parado a olhar

Sim, eu canto a vontade
canto o teu despertar
E abraçando a saudade
canto o tempo a passar

Quando avistei ao longe o mar
ali fiquei
Parado a olhar
Quando avistei ao longe o mar
Sem querer deixei-me ali ficar.