21.7.10





Bar do Tom. Rua Adalberto Ferreira. Sábado, 21:33. Barbudo maltrapilho com sotaque francês fala com gerente. Diz chamar-se Alfred e quer vender um desenho que ele mesmo fez. Um autorretrato seu com George Sand. Gerente olha desconfiado, não compra e oferece um chope pipoca como compensação. O francês bebe de um gole só e antes de sair agradece: "Mon verre n'est pas grand, mais je bois dans mon verre."

-