7.1.08



poema interno

a senhorita Mansfield é um símbolo da Nova Zelândia
e está disponível também em pdf
a senhorita Mansfield quando abre a boca
eu sinto o cheiro da senhorita Mansfield morta
entre um denso nevoeiro de garrafas
não sei se porque ontem saldei toda a minha dívida
para com a companhia de águas e esgotos
ou porque comprei velas roxas
com elevado teor cósmico e isso
me altera olfato e memória
ler Mansfield é como caminhar entre crianças,
li num obituário de 1923,
e crianças cheiram a baba
já a Cabrita não cheira a baba,
afugenta-as fumando charuto na poltrona
ouvindo passarinhos cantando em grego
e pagando caro sua hospedagem na vida
como a macaca assada de Zanzibar


---