18.6.06




Hoje está um dia morto, romance vencedor do prêmio SESC de Literatura 2005, é o primeiro romance do goiano André de Leones, onde ele retrata a vida angustiada de um adolescente no interior de Goiás. Já a carioca Lúcia Bettencourt levou o prêmio com sua coletânea de contos A secretária de Borges, onde ela cria um labirinto em que Borges e sua hipotética secretária se perdem. Os dois livros, numa parceria SESC/ed. Record, serão lançados na Academia Brasileira de Letras (Av. Presidente Wilson 203- Castelo - RJ) no dia 20 de junho, nesta terça-feira, às 17h30. Se você estiver na área, apareça para conferir e dar uma força. O André estende o convite a todos os leitores do Prosa, lógico. Boa sorte pra ele e Lúcia.


-------------