10.2.03

Inutilidades úteis (2)


xumbrega -- palavra originária da expressão tomar uma xumbrega, embriagar-se. O soldado alemão Friedrich Hermann von Schomberg serviu como instrutor do exército português em Lisboa lá pelos idos de 1660. Como era beberrão, criou-se a expressão tomar uma Schomberg, por deturpação chegou-se a xumbrega. A expressão chegou ao Brasil com o mesmo significado, sofrendo com o tempo alterações. O folclorista Rodrigues de Carvalho registra em seu "Cancioneiro do Norte" o uso da expressão casa xumbrega ou à chomberga, significando casa pequena.

rasgar seda -- até onde se sabe a expressão foi usada por Martins Pena em uma de suas comédias(sem título). Um dos personagens, um vendedor de fazendas, corteja insistentemente uma dama, ao que ela retruca: "Não rasgue a seda, que esfiapa-se."

quando a galinha tiver dente -- o mesmo que "no dia de São Nunca". Expressão corrente em Portugal, no Brasil tomou a forma de "criar dente". A mesma expressão existe na França: "Quand les poules aurons des dents."

puxa vida! -- interjeição muito antiga, já era usada por D. Francisco Manuel de Melo na forma "hadepuxa!", considerada chula.